Toda a Gente Joga

#SABERJOGAR

50% dos
europeus

Joga videojogos

23.3
mil milhões

Valor em euros da indústria europeia dos videojogos

31
anos

Média europeia de idade dos jogadores

Sobre a AEPDV

 

A Associação das Empresas Produtoras e Distribuidoras de Videojogos (AEPDV) é a associação portuguesa exclusivamente dedicada à representação das empresas que produzem e distribuem videojogos para consolas, computadores, mobile e Internet. Temos como missão desenvolver relações institucionais com a administração pública, defender os interesses de todos os agentes envolvidos nesta cadeia de valor, garantir um modelo sustentável para o setor na defesa da propriedade intelectual e equidade nas relações comerciais, e informar pais, educadores e os meios de comunicação sobre as políticas de responsabilidade desta indústria.

Indústria dos Videojogos

 

Os videojogos oferecem experiências que enriquecem a cultura quotidiana de mais de 30% da população mundial e estão cada vez mais presentes na nossa sociedade. Estes permitem aprender, educar, sentir e viver milhares de aventuras fantásticas e inspiram novas formas de entender e interagir com o mundo ao nosso redor. Os videojogos integram um setor que continua a crescer ano após ano e já representa uma das maiores histórias de sucesso económico a nível mundial, faturando o dobro do cinema e da música juntos. Em Portugal, o sucesso desta indústria acompanha o crescimento que se tem verificado a nível mundial, e são cada vez mais as pessoas que, independentemente da sua idade, género ou estrato social, elegem os videojogos como a sua forma de entretenimento preferencial.

Videojogos na Sociedade

 

O ato de jogar está profundamente enraizado na cultura humana e os primeiros vestígios desta prática remontam há milhares de anos. A Revolução das Tecnologias de Informação e do Conhecimento permitiram que a atividade lúdica se fundisse com a informática, dando origem aos videojogos. Hoje, o impacto dos mesmos sente-se não só no mercado mais tradicional, como também em muitas outras áreas de influência e interesse na nossa sociedade, como as áreas da cultura, das artes e da educação, e até em novas profissões e competições profissionais.

#SABERJOGAR

 

O principal objetivo desta secção é demonstrar as políticas de responsabilidade que a indústria dos videojogos leva a cabo, seja através do sistema de classificação PEGI e das opções de controlo parental presentes em todas as consolas disponíveis no mercado, ou da secção “Sabias Que?” deste site, atualizada frequentemente, pretendendo esclarecer os mais variados temas ligados às boas práticas de quem joga videojogos e vive este universo de forma apaixonada, responsável e saudável.

Publicações

 

Porque a informação é poder, queremos que esteja informado sobre todos os assuntos relevantes acerca dos videojogos, para tirar o melhor partido destes. Nesta página irá encontrar estudos produzidos pela AEPDV, com chancela AEPDV ou ainda estudos recomendados pela nossa associação.

Sobre a AEPDV

 

A Associação das Empresas Produtoras e Distribuidoras de Videojogos (AEPDV) é a associação portuguesa exclusivamente dedicada à representação das empresas que produzem e distribuem videojogos para consolas, computadores, mobile e Internet. A nossa missão é desenvolver relações institucionais com a administração pública, defender os interesses de todos os agentes envolvidos nesta cadeia de valor, mas também garantir um modelo sustentável para o setor na defesa da propriedade intelectual e equidade nas relações comerciais, e informar pais, educadores e os meios de comunicação sobre as políticas de responsabilidade desta indústria.

Indústria dos Videojogos

 

Os videojogos oferecem experiências que enriquecem a cultura quotidiana de mais de 30% da população mundial e estão cada vez mais presentes na nossa sociedade. Estes permitem aprender, educar, sentir e viver milhares de aventuras fantásticas e inspiram novas formas de entender e interagir com o mundo ao nosso redor. Os videojogos integram um setor que continua a crescer ano após ano e já representa uma das maiores histórias de sucesso económico a nível mundial, faturando o dobro do cinema e da música juntos. Em Portugal, o sucesso desta indústria acompanha o crescimento que se tem verificado a nível mundial, e são cada vez mais as pessoas que, independentemente da sua idade, género ou estrato social, elegem os videojogos como a sua forma de entretenimento preferencial.

Videojogos na Sociedade

 

O ato de jogar está enraizado na cultura humana e os primeiros vestígios desta prática remontam há milhares de anos. A Revolução das TIC permitiu que a atividade lúdica se fundisse com a informática, dando origem aos videojogos. Hoje, o seu impacto sente-se não só no mercado mais tradicional, mas também em muitas outras áreas de influência e interesse na nossa sociedade, como a cultura, as artes e a educação, e em novas profissões e competições profissionais.

#SABERJOGAR

 

O principal objetivo desta secção é demonstrar as políticas de responsabilidade que a indústria dos videojogos leva a cabo, quer através do sistema de classificação PEGI e das opções de controlo parental presentes em todas as consolas disponíveis no mercado, quer através da secção “Sabias Que?” deste site, que é atualizada frequentemente, e que pretende esclarecer os mais variados temas ligados às boas práticas de quem joga videojogos e vive este universo de forma apaixonada, responsável e saudável.

Publicações

 

Porque a informação é poder, queremos que esteja informado sobre todos os assuntos relevantes acerca dos videojogos, para tirar o melhor partido destes. Nesta página irá encontrar estudos produzidos pela AEPDV, com chancela AEPDV ou ainda estudos recomendados pela nossa associação.

#SABERJOGAR

Muito mais que entretenimento

Videojogos na Sociedade

Muito mais que diversão

47%

Cerca de metade dos jogadores na UE são do género feminino

50%

50% da população da UE, com idades entre os 6-64 anos, joga videojogos, o que equivale a 250 milhões de jogadores

45-64 anos

A faixa etária em maior crescimento é dos 45-64, representando 31% dos jogadores da UE

9.5 horas

A média de tempo de jogo por semana é de 9.5 horas

47%

Cerca de metade dos jogadores na UE são do género feminino

50%

50% da população da UE, com idades entre os 6-64 anos, joga videojogos, o que equivale a 250 milhões de jogadores

45-64 anos

A faixa etária em maior crescimento é dos 45-64, representando 31% dos jogadores da UE

9.5 horas

A média de tempo de jogo por semana é de 9.5 horas

Sabias que?

Toda a informação útil sobre videojogos à distância de um clique

Junho 23, 2022

Esports: Um guia completo pela indústria dos videojogos

Os esports estão a revolucionar a forma como os consumidores assistem, seguem e relacionam-se com os videojogos, sendo uma parte importante desta indústria. Guiadas por algumas das mais proeminentes companhias […]
Janeiro 31, 2022
compras no jogo

Compreender as Compras no Jogo

A transparência é a chave para a confiança. A indústria está comprometida em fornecer informações precisas aos seus jogadores e consumidores para que possam fazer escolhas totalmente informadas sobre os […]
Dezembro 7, 2021

O que são as ferramentas de denúncia? Como pode ajudar o seu filho a denunciar um comportamento impróprio quando joga videojogos?

Durante a sessão de jogo, alguns videojogos permitem que os jogadores se conectem com outros jogadores. Os videojogos online são espaços onde as pessoas podem imaginar, explorar e, acima de […]